segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

A Flor

Função: A flor é a parte das plantas que assegura a reprodução. É nas flores que se dá a fecundação originando as sementes que, mais tarde, irão dar origem a novas plantas.

Constituição:

Constituição de uma flor hermafrodita (com órgãos masculinos e femininos) completa:

Órgãos de suporte:
- Pedúnculo
- Receptáculo

Órgãos de proteção:
- Cálice - formado por sépalas
- Corola - formado por pétalas

Órgão reprodutores:
- Androceu - conjunto dos estames
- Gineceu - conjunto dos carpelos

Estame - constituido por filete e antera

Dentro das anteras estão os sacos polínicos onde se encontram os grãos de pólen - células reprodutoras masculinas

Carpelo - constituido por ovário, estilete e estigma

Dentro do ovário estão os óvulos - células reprodutoras femininas




Exercícios para praticares:



http://www.ajudaalunos.com/quiz/cruzadas_flor.htm




Esta planta é a Estrela do Natal.
Já a observámos nas nossas aulas. Lembras-te?

Euphorbia pulcherrima





"Pulcherrima" é uma palavra do latim que significa “a mais bela”.
Chama-se Estrela de Natal porque sendo uma planta de dias curtos floresce por altura do solstício de Inverno, próximo do Natal.
Existe em várias cores mas a preferida é a vermelha.
As folhas vermelhas (brácteas) aparecem a partir do Outono até ao final do Inverno. As brácteas são folhas modificadas para maior eficiência da planta. Estas folhas modificadas permitem a polinização / reprodução desempenhando a função das flores noutras plantas, sem deixar de ganhar energia através da fotossíntese por serem folhas. Também evitam o consumo de energia associado à formação de flores coloridas e odoríferas mas incapazes de fotossíntese. Isto é possível porque a planta é polinizada por aves e não por insectos. De facto, as aves não são sensíveis a aromas de flores mas são atraídas pela cor vermelha das folhas. Acontece o mesmo com as brácteas a que chamamos flores nas buganvíleas.
As flores da Estrela de Natal, muito pequenas e amarelas e surgem no interior da coroa formada pelas brácteas vermelhas.
No seu ambiente natural pode formar um arbusto até 3m de altura.


15 comentários:

  1. Adorei foi espétacular!!! E aprendi Bué.!

    Podes contar comigo

    Eu chamo-me Beatriz e so muita gira - obrigado vocês são os maiores
    Bye- bye queridos e fofos

    ResponderEliminar
  2. e um excelente site para estudar!!! :)

    ResponderEliminar
  3. professora é a Mariana Geraldo. Temos de passar os dois esquemas da flor ou é só um? Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Olá Mariana. Apenas o primeiro, com a legenda.
    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá prof, sou o João Leonardo do 6º B, agr eu estudo por aqui, porque acho que está melhor do que no livro. E a professora sabia que alguns da turma têm um canal do youtube? Quem tem são: eu, o leo, a filipa, a ines, o benny e o edu... se quiser saber os nomes pergunte :)

      Eliminar
  5. Amei este site sempre quando tiver trabalho de ciências vou vir aqui!!!!!

    ResponderEliminar
  6. obrigada gostei muito deste site encontrei o que estava a procura, agora já sei mais sobre as flores.

    ResponderEliminar
  7. muito bom vou tirar 10 na prova!!

    ResponderEliminar
  8. obrigada gostei muito deste site encontrei o que estava a procura, agora já sei mais sobre as flores.

    a mei este site sempre quando tiver trabalho de ciências vou vir aqui!!!!!

    ResponderEliminar
  9. Nao sou dessa escola mas aprendi muito apesar de ser do 6

    ResponderEliminar